Dieta low carb

A dieta low carb é um dos planos alimentares mais conhecidos e mais praticados no mundo todo, fazendo parte de um grande grupo, da dieta das proteínas. Pensando nisso, esse post tem como objetivo ensinar exatamente tudo o que você precisa saber, inclusive alimentos e cuidados que devem ser tomados. Então, vamos começar?

O que é a dieta low carb

Para começar esse post, a dieta low carb é uma das dietas das proteínas. Logo, o plano alimentar tem como base o consumo de proteínas e redução dos carboidratos, considerados os principais causadores do ganho de peso. De maneira simples, você vai retirar a maior fonte de caloria do prato, os carboidratos, e substituir por outras, como as proteínas e alimentos ricos em gorduras boas bem como os mais naturais. Entretanto, uma dica que você precisa ter em mente é que não é recomendado o corte total dos carboidratos, mas a redução.

Como funciona a dieta

Para ficar um pouco mais simples de entender exatamente como funciona o plano, é preciso lembrar que se trata de uma dieta restritiva. Ou seja, diversos alimentos serão cortados do seu cardápio e substituídos por outras opções. Dessa maneira, existem cardápios que você pode seguir para facilitar a sua rotina e conseguir preparar aquilo que precisa. No entanto, de maneira geral, a regra é consumir mais alimentos saudáveis e naturais, menos alimentos altamente processados e carboidratos. Ao mesmo tempo, o ideal é fazer em torno de cinco refeições por dia, sempre fracionando os alimentos, para evitar a sensação de fome e manter o corpo funcionando.

Exemplo de cardápio de um dia low carb

Para o café da manhã, comece o seu dia com dois ovos, em omelete, com queijo e tomate picado acompanhado de uma xícara de chá ou café sem açúcar. Entre o café da manhã e almoço, coma uma unidade de fruta, como maçã, um suco verde ou mesmo uma porção de oleaginosas. 
No almoço, prepare um filé de carne grelhada, preferencialmente frango ou peixe, e coma com uma porção de legumes e salada. Chegando no lanche da tarde, coma uma fatia de pão low carb com pasta de amendoim ou uma vitamina natural. Já no jantar, prepare um purê de abóbora ou de batata doce com couve ou outro legume refogado ou mesmo uma porção de massa integral. Caso você tenha fome antes de dormir, consuma duas torradas integrais com chá de sua escolha ou mesmo uma fruta.

O plano alimentar funciona?

Uma das grandes dúvidas sobre a dieta low carb é se realmente funciona ou não. Basicamente, a dieta low carb funciona e emagrece porque corta os principais alimentos que causam o aumento de peso, como:
  • Frituras;
  • Doces;
  • Refrigerantes;
  • Massas;
  • Carboidratos em geral;
  • Alimentos altamente processados;
  • Sucos industrializados, etc.
Dessa maneira, o seu corpo passa a usar a gordura armazenada como fonte de energia, até conseguir se adaptar a essa nova alimentação. Logo, você emagrece e, por isso, realmente funciona. Quando praticada com cuidado e acompanhamento, a dieta low carb pode garantir uma série de benefícios que vão além do emagrecimento e controle de peso, como:
  • Controle maior de ansiedade e compulsão alimentar;
  • Controle hormonal;
  • Aumento da massa magra;
  • Maior definição e recuperação dos músculos;
  • Melhora o humor;
  • Reduz o risco de doenças cardíacas, etc.

Cuidados com a dieta low carb

Ainda que seja uma dieta bastante praticada, o plano low carb não é recomendado para todas as pessoas e, muitas vezes, não é considerado exatamente seguro. Isso porque, o principal problema, está no consumo irregular dos alimentos, cortando muitas porções e fazendo com que o organismo fique em estado de alerta. Justamente por isso, sempre é indicado praticar a dieta com um profissional qualificado avaliando o seu caso. Como acontece o corpo de carboidratos e aumento de consumo de proteínas, o corpo pode entrar em um sistema chamado de cetose, que pode ser benéfico ou não, dependendo do equilíbrio. Assim, é preciso realmente ter um cardápio que seja balanceado e evitar as versões altamente restritivas da dieta low carb. Pacientes que tem problemas como colesterol alto, diabetes, triglicérides e outros devem ter a atenção redobrada e nunca praticar o plano sem conversar com o médico responsável. Se você faz uso de medicamentos controlados, como pacientes crônicos, também é preciso ter um acompanhamento, ao menos, quinzenal. Então, ainda tem alguma dúvida sobre a dieta low carb? Comenta aqui embaixo para que eu possa lhe ajudar ou aproveite para compartilhar os seus resultados, vou adorar saber mais. Grande abraço e até o próximo post!

Comentários